terça-feira, 29 de novembro de 2011

Obrigado Sérgio Lopes!

A matéria que vocês lêem abaixo foi extraída do site Gospel Prime (link: http://musica.gospelprime.com.br/sergio-lopes-defende-ana-paula-valadao-e-critica-postura-de-silas-malafaia-e-edir-macedo/) no dia 29 de Novembro de 2011. Temos dois textos abaixo, sendo que o da foto mais abaixo é do próprio Sérgio Lopes. Na minha opinião, uma descrição precisa e sábia do que estamos vendo hoje ser feito por alguns líderes evangélicos de grande expressão na TV que, infelizmente, estão dando um péssimo exemplo. Mas que eles possam tornar-se sensíveis a vontade de Deus e mudar suas posturas negativas:
VAMOS AOS TEXTOS
"O cantor Sérgio Lopes também se manifestou sobre as recentes discussões entre o bispo Edir Macedo e o pastor Silas Malafaia. Mas apesar de fazer parte do quadro de artistas da gravadora Line Records, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, o cantor não defendeu nenhum dos dois líderes, mas os criticou.
Sérgio acredita que essas afrontas é um desperdício de tempo já que esses dois pastores  pagam caro por esses espaços que deveriam servir para falar da palavra de Deus.
“Alguns homens tem o poder da mídia nas mãos. Homens que podem perfeitamente usar esse poder para ajudar a corrigir os vícios morais da nossa nação”, escreveu.
Sérgio Lopes é um dos cantores mais renomados do gospel, podendo ser considerado como um dos precursores do estilo. Por sua vivência no meio ele aproveita para defender Ana Paula Valadão que foiacusada pelos bispos da IURD de ser endemoniada. ”Enquanto isso, um dos gigantes da comunicação faz declarações absurdas contra uma mulher de Deus como a Ana Paula Valadão, que sempre fez a sua parte como serva de Deus, que entende seu lugar e faz o que pode para diminuir como pessoa e ver o evangelho crescer em sua nação e fora dela.”
Na visão do cantor essas trocas de farpas que aconteceram depois que essas notícias se espalharam parecem “duas crianças disputando para ver quem grita mais alto no playground antes do síndico chegar e mandar calar a boca”. Nas palavras dele, o sindico seria o próprio Deus.
“No fundo, os pastores de toda a nação, se pudessem dizer alguma coisa para esses meninos briguentos, seria apenas um sisudo e sonoro ‘shhhhh’!”.
O texto foi postado no dia 24 de setembro, mas o cantor voltou atrás e apagou a postagem.
Fonte: Gospel Prime"

Nenhum comentário:

Postar um comentário