terça-feira, 29 de novembro de 2011

Para Uma Reflexão Teológica Sobre a Falsa Teologia da Prosperidade

Vivemos um tempo em que se fala muito sobre prosperidade material, especialmente em alguns programas evangélicos de TV. Pastores e líderes evangélicos de grande expressão no Brasil ajudam a propalar a já conhecida Teologia da Prosperidade através dos meios de comunicação de que eles dispõem. E é claro, isto acaba refletindo nos nossos púlpitos, especialmente no momento das ofertas, quando aquela "condição" infeliz é proposta no púlpito: aqueles que aceitam o desafio de ofertar o máximo que puderem, serão também abençoados ao máximo. Bem, seguindo essa ideologia, Jesus enganou-se terrivelmente quanto àquela viúva que ofertou algumas moedinhas, de pouco valor, pois era o que ela tinha. Mas o teólogo da prosperidade poderá dizer: mas ela ofertou tudo o que tinha! É verdade, mas vocês, os teólogos da prosperidade, parecem ignorar o fato de que muitos em nossos templos sobrevivem com muito pouco e se esquecem da recomendação de Paulo aos Coríntios de que eles deveriam ofertar conforme a sua própria condição!
Querido(a) internauta, veja este vídeo e tire suas próprias conclusões sobre esse pseudoevangelho:




Roney Ricardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário