domingo, 22 de julho de 2012

Bíblia e Ciência: Inimigas?

     Caro leitor e leitora do nosso blog, na internet encontramos muita coisa, inclusive vídeos no Youtube e em outros sites do mesmo gênero, criticando a crença em Deus e zombando dela. Pessoas que defendendo o ateísmo, partem para ataques contra a religião e contra o próprio Deus. Eu mesmo já tive a oportunidade de trocar textos com ateus através da internet. O que pude perceber através destes "diálogos" é que a maioria dos ateus, em seus vídeos e comentários postados em sites e blogs sobre o assunto, falam do que não conhecem de fato. Essas pessoas muitas vezes (não todas, é claro), atacam ferozmente os crentes em Jesus de diversas formas: zombam, ignoram nossas argumentações, são agressivos, nos tem como pessoas retrógradas e ignorantes e a lista prossegue. Lembro-me de ter "dialogado" com um ateu que chegou a dizer que a maioria dos grandes homens da humanidade nas áreas da ciência, medicina, astronomia, etc., eram ateus. De fato, muitos ateus se sobressaíram na ciência, mas é também fato que muitos cientistas que marcaram a história da ciência através da História também foram crentes fervorosos em Deus, como nos revelam os relatos históricos. Ao analisar uma parte considerável daquilo que é produzido por ateus na internet, percebi que a maioria fala do que não conhece - um erro fatal que acaba levando-os a serem acríticos na busca pela verdade. Fecham-se em sua própria crença no ateísmo e não se abrem para descobrir o que o verdadeiro cristianismo tem para lhes oferecer. Sou crente em Jesus, mas assisto a Richard Dawkins, ouço ateus falarem e leio textos produzidos por ateus. Sabe porque? Para poder discutir sobre algo que eu conheço de fato! A equação é simples, não? Para falarmos de algo, ou mesmo criticar uma crença ou uma "não-crença", precisamos primeiro conhece-la pelo menos em tese. A conclusão a que tenho chegado ao estudar o ateísmo é que quanto mais eu estudo ateísmo, mais convicto eu fico de que o cristianismo bíblico é a verdade para a humanidade! Não que eu precise do ateísmo para ser teísta, mas como disse o salmista, "provai e vede", é o que eu tenho feito: experimentado as verdades do cristianismo bíblico em minha vida e conscientizado-me de que ele é a verdade de Deus para nós na medida em que o comparo com aquilo que nos é oferecido por outras fontes deste mundo. A ideia de que ciência e Bíblia não podem andar de mãos dadas é algo defendido por alguns, não por todos. A história abaixo é um belo exemplo de como um homem da ciência pode sim ser crente na Bíblia, que é a Palavra de Deus. O texto foi extraído da nossa apostila de Bibliologia. 
     
     "Ao olharmos para a vida das pessoas que lêem e estudam a Bíblia diligentemente, logo percebemos que essas são pessoas melhores, indubitavelmente, seja para a Igreja do Senhor, seja para a família, seja para os amigos, ou para a sociedade, enfim, para todos os que estão ao seu redor. Homens de destaque, que realizaram grandes feitos para a humanidade, amavam a Bíblia e não a encerravam entre os demais livros. Sir Isaac Newton, famoso físico, matemático e cientista, chegou a escrever um tratado sobre Daniel e Apocalipse. Conta-se uma interessante história ocorrida em 1892 sobre um senhor de 70 anos que viajava de trem tendo ao seu lado um jovem universitário, que compenetrado lia o seu livro de ciências. O senhor por sua vez lia um livro de capa preta. Foi quando o jovem percebeu que se tratava da Bíblia, e estava aberta no livro de Marcos. Sem muita cerimônia o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou:
            - O senhor ainda acredita neste livro cheio de fábulas e crendices?
            - Sim -, disse o senhor, - mas não é um livro de crendices, é a Palavra de Deus. Estou errado?
O estudante dando uma risadinha sarcástica respondeu:
            - Claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a história geral. E veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de 100 anos, fez o favor de mostrar a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda crêem nessa história de que Deus criou o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco mais sobre que os cientistas dizem sobre isso.
            - É mesmo?- perguntou o velho cristão, - e o que dizem os cientistas sobre a Bíblia?
            - Bem - respondeu o universitário, - agora eu não posso explicar, pois vou descer na próxima estação, mas deixe o seu cartão que eu lhe enviarei o material pelo correio.
            O velho então cuidadosamente abriu o bolso interno do paletó, e deu o cartão ao universitário. Quando o jovem leu o que estava escrito, abaixou a cabeça, e saiu cabisbaixo se sentindo pior que uma ameba. O cartão dizia: "Louis Pasteur, Diretor do Instituto de Pesquisas Científicas da École Normale de Paris".
            Até hoje o trabalho de Louis Pasteur permanece, pois quando compramos um produto qualquer no supermercado que contenha em seu rótulo a expressão “produto pasteurizado”, é porque ele passou por um processo desenvolvido por esse conhecido cientista".

Em Cristo,
Roney Ricardo     

terça-feira, 10 de julho de 2012

Slides sobre o Livro de Lamentações de Jeremias - Profetas Maiores

Querido leitor e querida leitora do Blog Fundamentos Inabaláveis, abaixo, disponibilizo a você os slides da aula que ministramos sobre o livro de Lamentações de Jeremias no templo da Assembleia de Deus de Presidente Médice, Pr. Barnabel Vidal.